Para usar com os alunos

Passo a passo para elaborar cartazes de conscientização

Utilize o gênero textual para trabalhar a prevenção do novo coronavírus com a turma

Por Ana Paula Bimbati

Ilustração: Rodrigo Damati/NOVA ESCOLA 

Prevenir tem sido a atitude mais reforçada por todos para lidar com o novo coronavírus. Sem uma vacina para conter o vírus, a conscientização sobre quais cuidados e medidas tomar é a grande arma contra a disseminação. Pensando nisso, a professora alfabetizadora Mara Mansani, da EE Professora Laila Gales Sacker, em Sorocaba (SP), propôs a seus alunos a elaboração de cartazes. 

“A ideia é aproveitar o tema para trabalhar a alfabetização, mas também, conscientizar e fazer o aluno refletir”, explica a professora. O passo a passo pode te inspirar a desenvolver o assunto em sala de aula ou à distância, uma vez que muitas escolas pelo Brasil suspenderam as aulas devido ao aumento de casos confirmados do vírus.

Indicado para: turmas do 1º e 2º ano 
Material: modelos de cartazes de postos de saúde ou supermercados, revistas, jornais, folha A3, lápis
Espaço: na sala de aula é possível agrupar as carteiras; se a atividade for feita em casa, em qualquer lugar com acesso à internet

PASSO A PASSO

1. Converse sobre a pandemia com os alunos. Antes de começar a falar sobre a proposta da atividade, explique o que está ocorrendo no Brasil e no mundo e tire todas as dúvidas da turma sobre o assunto. Chame a atenção sobre as maneiras de prevenção. Fale com calma, usando uma linguagem que eles compreendam, com cuidado para não causar pânico e alarde, afinal, são crianças e podem ficar impressionadas ou apavoradas com a situação. 

2. Apresente modelos de cartazes. É legal mostrar para os alunos exemplos de cartazes de conscientização.  É fácil encontrar modelos na internet ou em postos de saúde, supermercados ou outros estabelecimentos. Explore oralmente o conteúdo de um dos cartazes, fazendo perguntas que destaquem as características do gênero, como letras de grande tamanho, frase principal de impacto, combinação entre imagem e escrita e outras informações. Por exemplo: Por que há letras maiores no cartaz? O que vocês entenderam na frase principal? A imagem ilustra bem, combina com a escrita? Esse cartaz foi feito para quê? Para quem foi destinado? Onde costumamos encontrar este tipo de cartaz? 

3. Explique sobre coerência entre imagens e escrita. Depois de apresentar os modelos de cartazes, explique aos alunos como é importante criar uma coerência na identidade visual do cartaz. Nem sempre, nos anos iniciais, eles conseguem perceber como os elementos conversam entre si. Para a composição do cartaz, as crianças podem usar recortes de imagens de revistas e jornais e ou fazer suas próprias ilustrações. É possível indicar bancos de imagens gratuitos como o Fotos Públicas (https://fotospublicas.com/), caso o trabalho seja feito remotamente.

ATENÇÃO: Tome cuidado com os direitos autorais, por isso, explique aos alunos a importância de dar os devidos créditos. Dê preferência ao uso de banco de imagens gratuitas.

Ilustração: Rodrigo Damati/NOVA ESCOLA

4. Oriente a formação dos grupos. Antes de partir para a produção, se a atividade for em grupo, oriente os alunos para que cada um tenha uma responsabilidade. Um estudante cuidará da imagem e outro das cores, por exemplo, mas todos juntos pensarão nas frases que serão usadas. 

5. Estimule a turma a fazer protótipos. Que tal pedir para os alunos esboçarem uma primeira versão do cartaz? É uma oportunidade para pensarem na coerência entre os elementos, apagarem, refazerem e entenderem qual é a melhor forma de apresentar suas ideias. Libere a imaginação das crianças, mas não deixando de indicar que elas precisam usar uma frase que remeta à prevenção do vírus. 

6. Realize intervenções - Durante o processo de confecção do cartaz, realize intervenções pedagógicas para a escrita alfabética e oriente os ajustes necessários. Disponibilize moldes de letras de diferentes tamanhos para facilitar a produção das crianças.

7. Planeje a divulgação. Se sua escola ainda está com as aulas normais, converse com a turma para divulgar o material pelos corredores e portões da instituição. Caso seus alunos já estejam em casa, você pode criar um tutorial com o passo a passo, parecido com este, para fazerem com a família. Uma boa sugestão é orientá-los a divulgar pela internet, em grupos de WhatsApp e Facebook, por exemplo. 



Dica extra
Os alunos estão em casa? Que tal compartilhar a atividade por whatsapp ou e-mail e sugerir o uso do Canva (www.canva.com/pt_br/) para produção dos cartazes no formato online. Neste link, a plataforma já até oferece templates de cartazes.




Diante da pandemia do coronavírus, esse conteúdo está aberto para todos os nossos leitores. Outros temas do Nova Escola Box são exclusivos para assinantes, caso queira ler mais e ainda não tenha uma assinatura, clique no botão abaixo e conheça nossos planos :)

Quero Assinar!

Ideias para inspirar, conteúdo para ensinar

Esse conteúdo é feito para você recarregar as suas ideias!

Educador, assine o Nova Escola Box e tenha acesso a conteúdos exclusivos orientados para a aprendizagem a distância.

Apenas R$15,90 por mês

Já é assinante Nova Escola Box? Faça login aqui!