Para formar a equipe

2º Roteiro do gestor: Os direitos de aprendizagem na quarentena

Leve a equipe a refletir sobre a importância do trabalho com crianças bem pequenas durante a pandemia e, depois, na futura reabertura das escolas

Leituras e filmes fazem parte da proposta da consultora Sonia Guaraldo para essa reunião. Ilustração: Nathalia Takeyama/NOVA ESCOLA

Reconhecida pela BNCC como etapa fundamental na formação das crianças, a Educação Infantil merece atenção especial neste momento de distanciamento social. O momento é de repensar estratégias de aprendizagem a distância e refletir sobre como preparar a readaptação dos pequenos ao ambiente escolar. "Neste período de afastamento, elas podem ter perdido o vínculo com a escola", alerta a consultora pedagógica Sônia Guaraldo.

Para apoiar neste trabalho, preparamos um Roteiro de Formação para você, gestor, reforçar os direitos de aprendizagem propostos pela BNCC para a Educação Infantil. Aqui há sugestões de atividades detalhadas e materiais de apoio, num formato que pode ser usado na íntegra ou adaptado. Lembrando que os Roteiros de Formação compõem uma sequência de atividades que durará o mês de junho inteiro. O primeiro Roteiro pode ser acessado clicando aqui.

Acompanhe abaixo as atividades sugeridas para reflexão.



ROTEIROS DE FORMAÇÃO NA PANDEMIA - 2

Os direitos de aprendizagem previstos na BNCC estão garantidos na quarentena?


Navegue por todos os roteiros da Série Especial:

- 1º Roteiro do gestor: um encontro para recomeçar 2020 na Educação Infantil
2º Roteiro do gestor: Os direitos de aprendizagem na quarentena
- 3º Roteiro do gestor: Caminhos para fortalecer o contato com as famílias 

- 4º Roteiro do gestor: As interações e a brincadeira e os direitos de aprendizagem
- 5º Roteiro do gestor: Planeje com a equipe a comunicação com as famílias
- 6º Roteiro do gestor: Planeje atividades para estimular a comunicação das crianças

- 7º Roteiro do gestor: Construa coletivamente um modelo para observação de atividades
- 8º Roteiro do gestor: [em breve - disponível em 20/7]
- 9º Roteiro do gestor [em breve - disponível em 27/7]


Indicado para: Coordenadores e diretores da Educação Infantil

Objetivo da reunião: Discussão sobre a garantia dos direitos de aprendizagem para a Educação Infantil 

Duração da reunião: 2 horas

Ferramentas:
- Plataforma de interação síncrona (Zoom, Microsoft Teams, Skype)
- Ferramenta de produção conjunta de textos (Google Drive)

Leituras para gestores e professores:
Releitura do texto Entenda os 6 direitos de aprendizagem propostos pela BNCC, de NOVA ESCOLA


PASSO A PASSO

Antes da reunião

1. Faça um convite aos educadores: Indique o tema e os objetivos da reunião (garantia dos direitos de aprendizagem para a Educação Infantil) e liste as atividades que serão realizadas no encontro remoto, que pode ser viabilizado por alguma plataforma de interação síncrona.

2. Preparação dos professores: Recomende a releitura dos direitos de aprendizagem para a educação infantil presentes na BNCC.

Durante a reunião

1. Apresente a temática a ser discutida: convide todos para a plataforma escolhida e socialize os objetivos e agenda da reunião. Peça que indiquem no chat, com uma palavra, os sentimentos e expectativas para o encontro.

2. Utilize uma pergunta disparadora: Inicie a discussão com a seguinte questão: Quais os direitos de aprendizagem ele considera que não estão sendo garantidos na atualidade? Liste as respostas usando alguma ferramenta tecnológica de mural virtual (Mural ou Scrumblr – ambas gratuitas e com instruções em inglês). Por ser uma atividade de metacognição, essa é uma estratégia formativa de extrema importância e deve ser utilizada, pois permite que os professores reflitam sobre o que já sabem sobre a temática tratada, podendo abrir caminhos para novas aprendizagens. Tornar explícitos os objetivos de atividades metacognitivas também pode apoiar os professores a utilizarem-se de estratégias semelhantes com as crianças, quando isso for possível.

3. Contextualize com um filme: Faça uma reflexão geral sobre as contribuições dos professores e, na sequência, apresente o filme A invenção da infância (25min).

4. Chame para a participação: Divida os professores em grupos de quatro e peça que reflitam sobre uma nova questão: Como os direitos de aprendizagem foram (estão sendo) garantidos no período de quarentena? O que precisaremos priorizar, reforçar ou ampliar, considerando o retorno das crianças à escola?

5. Compartilhe as reflexões: Após as discussões dos grupos, peça que todos socializem os resultados das discussões e sistematize as reflexões e contribuições, intervindo no sentido de garantir que os direitos de aprendizagem e desenvolvimento estejam sendo contemplados pelo grupo. 

6. Faça um fechamento: Informe aos professores que você disponibilizará a lista de ações levantadas pelo grupo via Google Drive. Peça que façam comentários sobre as que considerarem mais importantes para o momento do retorno. Informe, ainda, que o resultado desse material será utilizado para a próxima reunião da equipe.



Consultoria: Sônia Guaraldo, doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) e consultora do programa Formar, da Fundação Lemann, mantenedora de NOVA ESCOLA. Foi coordenadora pedagógica e diretora de escolas públicas, e secretária de Educação de Birigui (SP), entre 2008 e 2016.

Ideias para inspirar, conteúdo para ensinar

Continue lendo conteúdos exclusivos com acesso ilimitado

Assine o Nova Escola Box e veja sugestões de atividades para aulas remotas e presenciais.

Apenas R$15,90 por mês

Já é assinante Nova Escola Box? Faça login aqui!