Para formar a equipe

3º Roteiro do gestor: Caminhos para fortalecer o contato com as famílias

Reflexão sobre os campos de experiência contidos na BNCC pode apoiar educadores em ações para garantir os direitos de aprendizagem e desenvolvimento

Proposta de reunião criada por Sônia Guaraldo foca nos direitos de aprendizagem garantidos na BNCC. Ilustração: Nathalia Takeyama/NOVA ESCOLA

Antes do período de distanciamento social e da suspensão do cotidiano escolar presencial, o contato entre escola e família já merecia prioridade, especialmente na Educação Infantil. Agora, essa tarefa tornou-se mais desafiadora e decisiva. 

Fortalecer essa relação permite ao educador identificar melhor como tem sido a rotina das crianças neste momento. Com essa informação em mãos, é possível realizar um acompanhamento pedagógico que garanta os direitos de aprendizagem e desenvolvimento indicados na Base Nacional Comum Curricular: conviver, brincar, participar, explorar, expressar e conhecer-se.

Para apoiar os gestores, preparamos um Roteiro de Formação com foco no desenvolvimento de ações para apoiar o contato entre família e educadores. São sugestões de atividades detalhadas e materiais de apoio e indicação de uso de plataformas variadas, num formato que pode ser usado na íntegra ou adaptado. Lembrando que os Roteiros de Formação compõem uma sequência de atividades, por isso, acesse as edições passadas do NOVA ESCOLA BOX para acompanhar as ações anteriores.

Nesta edição, trazemos também uma breve reflexão sobre a importância de as ações formativas percorrerem um processo de reflexões e trocas. Acompanhe abaixo:



ROTEIROS DE FORMAÇÃO NA PANDEMIA - 3

A importância do contato e da parceria entre escola e família


Navegue por todos os roteiros da Série Especial:

- 1º Roteiro do gestor: um encontro para recomeçar 2020 na Educação Infantil
2º Roteiro do gestor: Os direitos de aprendizagem na quarentena
- 3º Roteiro do gestor: Caminhos para fortalecer o contato com as famílias 

- 4º Roteiro do gestor: As interações e a brincadeira e os direitos de aprendizagem
- 5º Roteiro do gestor: Planeje com a equipe a comunicação com as famílias
- 6º Roteiro do gestor: Planeje atividades para estimular a comunicação das crianças

- 7º Roteiro do gestor: Construa coletivamente um modelo para observação de atividades
- 8º Roteiro do gestor: [em breve - disponível em 20/7]
- 9º Roteiro do gestor [em breve - disponível em 27/7]


Indicado para: Coordenadores e diretores da Educação Infantil

Objetivo da reunião: Discussão sobre a garantia dos direitos de aprendizagem para a Educação Infantil e reflexão sobre os campos de experiência contidos na BNCC

Duração da reunião: 2 horas

Ferramentas:
- Plataforma de interação síncrona (Zoom, Microsoft Teams, Skype)
- Ferramenta de produção conjunta de textos (Google Drive ou Mentimeter)

Leituras para gestores e professores:
Texto O que são os campos de experiência da Educação Infantil, de NOVA ESCOLA
Texto O respeito ao isolamento e o apoio às famílias nas interações a distância, de NOVA ESCOLA
Artigo Educação Infantil: o cuidado com as atividades no período da pandemia, no Ecoa, no portal UOL


PASSO A PASSO

Antes da reunião

1. Prepare o convite: Para promover o início desse trabalho coletivo de replanejamento das atividades, dispare um convite para toda a equipe de educadores, por e-mail, aplicativo de mensagens ou por outra forma que seja usual entre vocês.

2. Liste os assuntos do encontro: Esse convite deve conter o tema, os objetivos da reunião e a recomendação de releitura dos campos de experiência presentes na BNCC.

3. Crie grupos de trabalho no WhatsApp: Divida os professores por faixa etária da Educação Infantil de sua escola. Caso sejam muitos educadores, você pode criar mais de um grupo por etapa. Depois de criados, informe a todos que os grupos se destinam apenas aos trabalhos em grupo durante e após a reunião.

Durante a reunião

1. Apresente a temática a ser discutida: Convide todos para a plataforma síncrona escolhida e contextualize os objetivos da reunião. Abra a palavra para que alguns se manifestem sobre sentimentos e expectativas em relação ao momento vivido.

2. Retome a temática do último encontro: Sintetize, preferencialmente com uma apresentação escrita, o resultado das discussões realizadas pelo grupo em relação à garantia dos direitos de aprendizagem em época de pandemia. 

Importante: Quando desejamos que as reflexões promovidas com o grupo se consolidem como ações formativas, é preciso estabelecer uma lógica de continuidade entre os momentos. Para isso, a sistematização e as constantes retomadas podem representar estratégias eficazes quando desejamos de fato construir conhecimentos pedagógicos mais sólidos com o grupo de professores. Sempre que possível, explicite o significado dessa ação formativa, oportunizando sua transposição para as práticas dos professores.

3. Inicie o trabalho nos grupos de WhatsApp: Peça aos professores em cada grupo por faixa etária que criem uma dinâmica de contato com as famílias com o objetivo de formular um diagnóstico da rotina das crianças no que se refere à garantia dos direitos de objetivo e aprendizagem. A temática deste diagnóstico deve estar adequada ao contexto identificado pelos professores da escola.

4. Listem as propostas feitas: Indique uma plataforma (Google Drive ou Mentimeter, por exemplo) para consolidação das questões levantadas e das estratégias de comunicação a serem utilizadas e informe o tempo para a discussão (sugestão: 15 minutos). Oriente também que cada grupo eleja um mediador e um sistematizador.

5. Compartilhamento das ações criadas: Após as discussões dos grupos, peça que todos socializem as questões organizadas para o diagnóstico e as estratégias de comunicação planejadas. Intervenha sempre que necessário e abra o microfone para possíveis contribuições de outros grupos. Informe aos professores que você sistematizará os questionários em "layout" padrão e entrará em contato com os grupos das faixas etárias para apoiar na viabilização da ação junto às famílias. 

6. Finalize a reunião: Peça aos professores que, individualmente, façam uma releitura dos campos de experiência presentes na BNCC. Informe, ainda, que você disponibilizará nos grupos de WhatsApp os seguintes planos referentes a cada faixa etária da Educação Infantil:

- Plano de aula: Experimentando chás com os bebês
- Plano de aula: Conversando sobre o banheiro
- Plano de aula: Cordas de elásticos no parque

Depois da reunião

1. Prepare o próximo encontro: Informe que a atividade será identificar nesses planos quais e como os direitos de aprendizagem e campos de experiência se concretizam em cada plano.



Consultoria: Sônia Guaraldo, doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) e consultora do programa Formar, da Fundação Lemann, mantenedora de NOVA ESCOLA. Foi coordenadora pedagógica e diretora de escolas públicas e secretária de Educação de Birigui (SP), entre 2008 e 2016.

Ideias para inspirar, conteúdo para ensinar

Continue lendo conteúdos exclusivos com acesso ilimitado

Assine o Nova Escola Box e veja sugestões de atividades para aulas remotas e presenciais.

Apenas R$15,90 por mês

Já é assinante Nova Escola Box? Faça login aqui!