Para saber mais - Literatura

Educação Infantil: 5 referências culturais para curtir com crianças e bebês

Para se aprofundar, ler e compartilhar com as famílias dos pequenos, a seleção reúne livros infantis e outras produções voltadas para a primeira infância

Ilustração de referências visuais para o público da Educação Infantil.
Ilustração: Laíssa Moreira/NOVA ESCOLA

A primeira infância, com seus encantos, desafios e direitos de aprendizagem e de exploração do mundo, está no centro do trabalho das professoras de Educação Infantil. Neste início de ano, que tal conhecer referências que falam sobre a vida dos bebês, das crianças e das famílias envolvidas neste universo? 

A seguir, confira uma lista com referências culturais – livros, filmes, séries, animações – para se aprofundar, conhecer e compartilhar com a comunidade escolar.

divisória

Literatura Infantil + Livros de referência


Sagatrissuinorana, Guimarães Rosa e ilustrado por Nelson Cruz. Editora Ozé (2020)  

A obra foi vencedora do Prêmio Jabuti 2021 nas categorias Infantil e Livro do Ano. Por meio das palavras do escritor Guimarães Rosa (Grande Sertão: Veredas) e das imagens do ilustrador Nelson Cruz, cenas da fauna brasileira ganham vida de forma surrealista, dialogando com a crise ambiental exibida em 2020 e 2021 sem deixar de lado o diálogo com as próximas gerações. É obra altamente recomendável – FNLIJ 2021, e tem selo Distinção Cátedra Unesco de Leitura (2020). 


O Trabalho do Professor na Educação Infantil, organizado por Zilda Ramos de Oliveira. Editora Biruta (2019) 

Um dos livros essenciais para entender as discussões do campo da Educação Infantil, a obra aborda tópicos como o planejamento das práticas pedagógicas, a construção de ambientes com intencionalidade, a saúde, os cuidados e outros aspectos do trabalho com os bebês e as crianças, bem como sobre o papel do educador nesses processos.

divisória

Animações + Filmes + Séries


A Viagem de Chihiro, de Hayao Miyazaki (2001)

Imagem de divulgação do filme A Viagem de Chihiro, do Estúdio Ghibli.
Crédito: Divulgação/Ghibli Studio

A animação vencedora do Oscar no estilo anime dos estúdios Ghibli completou 20 anos em 2021 e é considerada uma das obras-primas do japonês Hayao Miyazaki, também responsável por clássicos como Nausicaä do Vale do Vento (1984) e Princesa Mononoke (1994), todos disponíveis atualmente para assistir nos canais de streaming. 


Soul, de Pete Docter (2020) | Disney+

Imagem de divulgação do filme Soul, do Disney Plus.
Crédito: Divulgação/Disney Plus

A animação da Pixar saiu no finalzinho de 2020, que fez muitos adultos se emocionarem, é dirigida pelo mesmo criador dos longas Up! Nas alturas e Divertida-mente. Nela, acompanhamos a jornada interior do professor de Ensino Médio Joe Gardner (com voz do ator Jamie Foxx no original), que aspira a ser músico de jazz em Nova York e divaga sobre questões de fácil identificação, como as nossas preferências e escolhas ao longo da vida. 


O Menino Que Descobriu o Vento (2019) | Netflix

Inspirado na história real de uma criança do Malawi que passa por inúmeras dificuldades, mas cuja inventividade oferece uma possibilidade de mudar de vida, o longa é fruto da colaboração entre três países (Estados Unidos, França e o africano Malawi) e tem direção de Chiwetel Ejiofor. A obra mostra as escolhas e desafios de uma família em torno da importância dos estudos. 

"Não quero dar spoiler, mas é um filme para inspirar professores e alunos e que pode enriquecer a relação entre eles desde o início do ano”, sugere a pedagoga e professora de Ciências do Ensino Fundamental Cintia Diógenes.

divisória

Mais sobre esse tema

Caixa abrindo

Ideias para se inspirar,
conteúdo para ensinar

  • Expriıências reais de sala de aula;
  • Conteúdos alinhados à BNCC;
  • Metodologias ativas;
  • Textos, vídeos, materiais pedagógicos e moldes;
  • Ideias e relatos de professores como você!
assine por R$19,90