Para saber ainda mais

Semana Pedagógica: 7 passos para elaborar o Plano de Contingência em 2021

Plano é o primeiro passo para estruturar o modelo e planejamento de ensino e amparar os professores em seu trabalho

Ilustração de caderno sobre a mesa apresentando um plano de contingência para 2021
Ilustração: Nathalia Takeyama/NOVA ESCOLA

A Semana Pedagógica costuma marcar oficialmente a volta ao trabalho de gestores escolares e professores nas escolas. A coordenação pedagógica é o grande guarda-chuva que protege o professor. Antes de iniciar o planejamento do ano, portanto, é preciso compreender o papel que os gestores têm no momento de acolher o professor. Afinal, professor seguro, escola segura. 

Infelizmente, a virada de 2020 para 2021 não nos aliviou das incertezas. Uma verdade inconveniente é que iremos conviver com a Covid-19 por mais tempo. Por isso, antes mesmo da Semana Pedagógica é preciso ter o Plano de Contingência em mãos e escolher a melhor forma de transmiti-lo à equipe.   

Mas o que é, afinal, o Plano de Contingência? A ideia é considerar as questões de rotina, infraestrutura e planejamento pedagógico que vão perpassar todo o ano de 2021, e transmiti-las a toda a equipe de forma descomplicada.

Confira aqui os 7 passos essenciais para construir esse planejamento, elaborados pela coordenadora pedagógica da EMEF Prof. Adolfina J. M. Diefenthäler, em Novo Hamburgo (RS), a especialista em gestão escolar pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Joice Lamb:

1. Separar o joio do trigo 
O primeiro passo é ter o Plano de Contingência em mãos. A partir daí, separar o que é responsabilidade da escola e o que é da rede de ensino, como, por exemplo, a compra de materiais. Isso ajudará a ser objetivo e enfático naquilo que será o trabalho da equipe e como ela estará amparada. 

2. Ponto de vista dos professores 
Converse com os professores para saber o que eles estão esperando dessa volta às aulas, quais são as dúvidas, os medos, e peça sugestões para as questões levantadas. Isso pode ser feito por meio do questionário on-line previamente. 

3. Ponto de vista dos alunos 
A mesma coisa serve para alunos e familiares. A mesma sugestão vale aqui: enviar um formulário/questionário com perguntas sobre suas expectativas, receios, sugestões. Essas informações serão o pontapé inicial do plano. Algumas perguntas que podem ser incluídas no questionário: Como você se descreveria como estudante hoje? Pensando em todo o ano, quais as mudanças ou adaptações que você percebeu na sua forma de estudar? Como pensa que 2021 será em relação a sua vida escolar?

4. Organização das ações individuais
Avaliar a escola e pontuar o que se aplica ao dia a dia do prédio escolar, alunos e professores. “Algumas redes pedem que a escola desenvolva o seu próprio plano, mas que segue um modelo predeterminado. Esse plano cru não ajuda a entender realmente o que fazer”, explica Joice. “Será produtivo fazer um resumo deste plano, colocando as informações mais importantes em destaque, como em um cartaz, com o que se espera que cada um faça quando chegar na escola”, completa a coordenadora.  

5. Planejamento do espaço físico
Planejar a circulação das pessoas no prédio, como definir caminhos de entradas e saídas, onde e como será feita a alimentação, quantas pessoas serão servidas ao mesmo tempo, como serão utilizados os espaços de pátio etc. 

6. Definir o modelo de ensino 
A rede de ensino deve dizer se o calendário vai ser remoto ou parcialmente remoto antes de chamar os professores. “É importante compreender esses termos e a diferença entre eles. O que foi feito no ano anterior? Ensino remoto emergencial. Todas as atividades a distância. A equipe gestora tem de ter clareza desse calendário para pensar em adaptações para a sua escola”, destaca Joice. 

7. Organização das reuniões 
Planejar os dias da Semana Pedagógica com os professores, levando em consideração os dispositivos que eles precisam ter à mão. Por exemplo, acessar a reunião pelo computador e usar o celular para outros aplicativos, quais aplicativos serão usados, como serão usados, e enviar as informações para todos.

Ideias para inspirar, conteúdo para ensinar

Continue lendo conteúdos exclusivos com acesso ilimitado

Assine o Nova Escola Box e veja sugestões de atividades para aulas remotas e presenciais.

Apenas R$15,90 por mês

Já é assinante Nova Escola Box? Faça login aqui!