Direitos da Mulher

Lélia Gonzalez, o olhar da mulher negra em um Brasil desigual

A pensadora é central para entender raça, gênero e classe em nosso país e no mundo

Uma das maiores e mais influentes expoentes do pensamento feminista negro no Brasil, Lélia Gonzalez (1935-1994) foi uma intelectual pública e múltipla. Entre seus marcos conceituais, gestou o termo “amefricanidade” para se referir aos americanos de origem africana. 

Apesar da potência de sua obra, ficou por muitos anos restrita a círculos menores de leitores e publicada por editoras independentes. O processo de apagamento de obras e ideias de pensadores negros (ou de outros grupos minorizados) é chamado, pelos movimentos negros, de epistemicídio (termo formado por episte = epistemologia, ou conhecimento científico, e micídio = assassinato - assim como em “homicídio”, por exemplo). 

Pensadora e ativista que articulava sua produção de conhecimento com a própria biografia e o seu conhecimento em História, Filosofia e Psicanálise, Lélia Gonzalez é central para entender o Brasil e o mundo de hoje com as lentes do gênero e da raça.  

No e-book a seguir, parte da coleção Pensadores Negros, você poderá conhecer mais sobre a vida, a obra e a importância de Lélia Gonzalez.

Produzimos também um breve dicionário com os principais conceitos e termos trabalhados pela autora - você consegue ler aqui

BAIXE O E-BOOK

Mais sobre esse tema

Caixa abrindo

Ideias para se inspirar,
conteúdo para ensinar

  • Expriıências reais de sala de aula;
  • Conteúdos alinhados à BNCC;
  • Metodologias ativas;
  • Textos, vídeos, materiais pedagógicos e moldes;
  • Ideias e relatos de professores como você!
assine por R$19,90