Para usar com seus alunos

Um passo a passo para conduzir a pesquisa dos alunos sobre o novo coronavírus

Com a abundância de fotos, vídeos e artigos sobre a epidemia, é possível propôr uma atividade de pesquisa para apresentar o mundo dos vírus à turma

Por Ana Paula Bimbati

Ilustração: Rodrigo Damati/Nova Escola

Transmissão do vírus para mais de 20 países, números que aumentam a cada dia, produção de vacinas, xenofobia… são muitos os assuntos e as dúvidas em torno do novo coronavírus, descoberto no início deste ano. Já são 60.360 casos confirmados no planeta (59.823 somente na China) e 1.370 mortes, segundo dados coletados hoje, 13 de fevereiro de 2020, às 11h53min, pelo John’s Hopkins CSSE, centro de pesquisa americano que atualiza os dados em tempo real (para acompanhar os números, acesse http://bit.ly/coronavirusjh).

Segundo especialistas e professores, o assunto que tem despertado preocupação e curiosidade em todo mundo - e, certamente, em seus alunos também - serve de gancho para trabalhar um conteúdo clássico nas aulas de Ciências: o que é e como age um vírus.

Pensando nisso, a professora Elka Waideman Martinez, da Wish School e do Time de Autores de NOVA ESCOLA, conta em detalhes como ela tem tratado do assunto. O passo a passo de Elka pode servir de inspiração para o seu planejamento.

Indicado para: 6º e 7º ano 

Material: notícias, gráficos com números atualizados, fotos da China, artigos acadêmicos e o pôster de NOVA ESCOLA que faz parte desta caixa, com o infográfico que mostra em detalhes o coronavírus (para baixar o material, clique aqui)

Espaço: agrupe as carteiras para grupos de dois ou três estudantes, de acordo com o número total da sala. 

PASSO A PASSO

1. Escolha os materiais: antes de levar para sala de aula, é importante pensar quais são os materiais mais interessantes para entregar para turma. Quais notícias e com quais enfoques são mais relevantes para os seus alunos? Na hora das fotos, pense naquelas que podem mostrar a realidade da China, por exemplo, como de hospitais. Leve também o pôster produzido por NOVA ESCOLA (você pode imprimir várias cópias ou mesmo exibi-lo na tela de um computador ou com um projetor).

2. Comece a aula com um panorama geral: não comece falando só do coronavírus, nem cause  preocupação e alarde com a turma. Desta forma, você dá uma maior abertura para tratar dos vírus de maneira geral. Puxe o assunto perguntando aos alunos se eles têm acompanhado o noticiário e levante as informações que a turma já possui. 

3. Apresente a situação da epidemia: mostre os dados sobre contágio e taxa de mortalidade do novo coronavírus e conte sobre como o Brasil está situado no cenário atual. Para isso, você pode levar fotos de hospitais da China e de pessoas usando máscaras, além de selecionar informações na lista de fontes confiáveis criada por NOVA ESCOLA.

4. Levante as dúvidas: depois dessa apresentação inicial, divida a turma em grupos de 2 ou 3 alunos e peça para que eles escrevam todas suas dúvidas em relação ao coronavírus e a situação atual da epidemia.

5. Proponha a pesquisa: peça para que os grupos selecionem duas perguntas e pesquisem as respostas em casa, na biblioteca, na sala de informática ou mesmo utilizando o celular.

ATENÇÃO: nesse momento, você precisa orientar o trabalho do aluno, recomendando fontes oficiais e alertando-o em relação às fake news. A lista de fontes selecionadas por NOVA ESCOLA pode ser compartilhada com a turma e usada como ponto de partida da pesquisa.

6. Crie um espaço de troca: a partir das informações encontradas, faça uma roda com os alunos, onde cada um pode compartilhar o que encontrou e levantar os pontos que gostaria de aprofundar. Garanta que os alunos registrem os principais aprendizados compartilhados pelos grupos, tanto em relação ao vírus como aos procedimentos de pesquisa. Além disso, vale a pena ficar atento ao que os estudantes dizem e, se for o caso, compartilhar as suas observações com outros professores. Na escola da professora Elka, por exemplo, surgiram comentários xenófobos sobre os chineses, o que motivou a docente a buscar a ajuda da professora de História. Elas desenvolverão um planejamento conjunto para tratar dessa questão específica.



Diante da pandemia do coronavírus, esse conteúdo está aberto para todos os nossos leitores. Outros temas do Nova Escola Box são exclusivos para assinantes, caso queira ler mais e ainda não tenha uma assinatura, clique no botão abaixo e conheça nossos planos.

Quero Assinar!

Ideias para inspirar, conteúdo para ensinar

Quer ler esse conteúdo? Assine o Nova Escola Box

O Nova Escola Box é um produto digital que auxilia o educador a preparar a sua aula com dicas práticas, materiais de apoio para a sala de aula e textos de formação para os professores da Educação Infantil e do Ensino Fundamental. Toda semana, o assinante recebe uma caixa digital de conteúdo nova e surpreendente.

Já é assinante Nova Escola Box? Faça login aqui!