Para usar com seus alunos

Passo a passo para montar um circuito de produção de texto na sua sala

Veja a sugestão de atividade, elaborada a partir do trabalho da professora Mara Mansani

A professora Mara Mansani durante uma de suas aulas em Sorocaba
Foto: Mariana Pekin/NOVA ESCOLA

Para criar o circuito de aprendizagem de produção de textos, Mara Mansani, professora do 2º ano da EE Laila Galep Sacker, em Sorocaba (SP), planejou uma aula de 1 hora e 30 minutos, cujo objetivo era levar as crianças a produzirem textos a partir do contato com diferentes estímulos.

A sugestão de atividade que você encontrará abaixo foi construída partiu desse mesmo objetivo e dos passos que a docente seguiu. Ela escolheu um objeto do qual a turma gostava muito, o ioiô, como tema e ponto de partida estimulante para a compreensão de gêneros textuais informativos - ou, como ela mesma diz, “textos que ensinem o aluno a estudar”. São eles enciclopédias e dicionários, basicamente.

Mas, como diz o nome, esta é uma sugestão. Você pode partir desse modelo para criar seu próprio planejamento, a partir dos interesses da sua turma e dos gêneros que precisam ser trabalhados. Veja as etapas que ela sugere:

Material: toalhas ou papéis nas cores verde, azul, laranja, vermelho e amarelo; folhas sulfite, lápis, borracha e canetas marca-texto; cópias dos textos escolhidos; fita-crepe.

Espaço: monte quatro estações com as carteiras: uma no centro da sala e outras três ao redor. Cubra as mesas com uma toalha de cor específica, para identificar a estação e utilize a lousa para montar, com a fita-crepe, um painel que será utilizado no final. As estações ficarão assim:

  • 1ª Verde - estação central
  • 2ª Azul - estação texto de curiosidade
  • 3ª Laranja - estação verbete de enciclopédia
  • 4ª Vermelho - estação texto instrucional
  • 5ª Amarelo - estação final

PASSO A PASSO

  • Planejamento. Defina o tema a ser trabalhado e os gêneros que você gostaria de trabalhar com a turma. A partir disso, escolha textos de fontes fidedignas

BAIXE O PDF

  • Pontapé inicial. Reúna a turma em pé, na estação central, e coloque os textos que você acabou de baixar impressos sobre a mesa. Leia e releia os textos com a turma e faça perguntas sobre o que as crianças já sabem sobre o assunto, o que entenderam da leitura etc. 
  • Divididos em estações. Os alunos, então, se separam em grupos e sentam nas estações. Eles permanecem nelas fazendo a releitura do texto daquela estação, sem a ajuda da professora. Deixe que as crianças risquem as folhas, grifem trechos com marca-texto. O grupo azul fica com a tarefa de escrever textos de curiosidades. O laranja, com verbetes e o vermelho, com textos instrucionais. 
  • Intervenções. Circule pelas estações perguntando se eles conheciam cada tipo de texto e peça que as crianças apontem as características do gênero e tirem dúvidas.
  • Produção. Em seguida, os grupos podem começar a produziru seus textos. Um aluno foi escolhido como escriba, mas todos participaram na construção do material. Enquanto um grupo escrevia, sem intervenções da professora, ela estava com outra turma, estimulando novas reflexões.
  • Encerramento. Ao final, na estação amarela, em formato de painel na lousa, ela expôs os textos e os alunos puderam ler as suas produções, discutindo o que funcionou e o que pode ser melhorado no texto.

Mais sobre esse tema

Caixa abrindo

50% de desconto na assinatura do Box!

Assine o Nova Escola Box pela metade do valor no mês de novembro e tenha acesso a conteúdos exclusivos para se inspirar e praticar em sala de aula!

Conheça nossos planos

Já é assinante Nova Escola Box? Faça login aqui!