CIÊNCIA

Não é só vacina: leve outros avanços e marcos de Ciência e Matemática

Confira alguns temas que podem gerar discussões importantes na sala de aula em 2021, como o método científico e a corrida pelo turismo espacial

Com a pandemia, o trabalho dos cientistas ganhou atenção mundial. A expansão da covid-19 e a corrida mundial por uma vacina mostraram como o método científico está muitas vezes distante da compreensão de parte significativa da população. Ao mesmo tempo, a crise sanitária mostrou o potencial que um tema atual pode ter para o ensino de Ciências.

Porém, para além do tema da vacinação, que dominará a atenção de todos em 2021, o próximo ano também reserva outros tantos temas que podem ser levados para a discussão com as turmas dos anos iniciais e dos anos finais do Ensino Fundamental.

Para Leandro Holanda, mestre em Ciências e especialista da área de Química do Time de Autores de NOVA ESCOLA, temas ligados à matriz energética renderão ganchos importantes para entender a alta da conta de luz (simbolizada, no Brasil, pela bandeira vermelha que vem na fatura), a ocorrência de apagões (como o do Amapá) e os gargalos sobre a geração de energia no país. Leandro também acredita que reflexões sobre evolução e genética, e o surgimento de doenças a partir do degelo do permafrost, também vão ocupar espaços nos currículos.

"Trazer a 'data pela data' me causa certa preocupação", avalia Luciana Tenuta, especialista de Matemática do Time de Autores de NOVA ESCOLA. Para ela, esses ganchos são interessantes para aprofundar um assunto, sem deixar de se conectar com os conteúdos que os alunos já estão estudando.

Além dos temas do momento, há ainda as datas comemorativas e as efemérides ligadas às ciências que podem motivar boas aulas. “Trabalhar esse calendário na escola é oportunidade para desenvolver habilidades, mas isso só é efetivo se as datas forem contextualizadas, e não apenas ‘comemoradas’”, destaca Cíntia Diógenes, mentora do Time de Autores de Ciências de NOVA ESCOLA. “O importante é o professor aproveitar [a efeméride] para provocar o aluno e instigá-lo a pensar de que forma ele pode agir e colaborar pela coletividade”, afirma. Exemplo: numa realização de feira de ciências, os alunos podem ser colocados no papel de divulgadores científicos e não apenas de reprodutores de conteúdos (abaixo, você encontrará sugestões mais concretas de como fazer isso).

Leandro Holanda sugere a seleção de alguns temas que se conectam mais ao currículo e à BNCC, sem ficarem 'soltos'. Vale a reflexão: no Dia da Árvore, será que compensa apenas plantar uma muda? “O professor precisa pensar em menos rodas de conversas ou leituras de textos e mais em desenvolvimento de experimentos, por exemplo, que podem engajar mais.” Outra ideia é criar uma semana temática de atividades ligadas àquelas datas ou marcos que sejam potentes. “O aluno ficará imerso por mais tempo no assunto, e o tema poderá ser mais bem trabalhado”, afirma Leandro.

Mas nem só datas e marcos científicos são bons ganchos. Busque enxergar a ciência que existe em outras áreas e eventos do ano. Com o adiamento das Olimpíadas de Tóquio de 2020 para o ano seguinte, pode ser interessante estimular reflexões e curiosidades sobre a composição dos materiais das roupas e equipamentos esportivos, por exemplo, uso de nanomateriais e ainda a composição das próteses dos atletas paralímpicos.

 

DATAS E MARCOS DA CIÊNCIA PARA FICAR NO RADAR EM 2021

- 9 de janeiro
Dia do Astronauta

- 20 de janeiro
Dia do Farmacêutico

- 11 de fevereiro
Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência

- 12 de fevereiro
Dia de Darwin (em comemoração ao nascimento do naturalista inglês Charles Darwin, em 12 de fevereiro de 1809)

- 3 de março
Dia do Meteorologista

- 14 de março
Dia do Pi (representado pela letra grega π), o número que representa a relação entre o perímetro e o diâmetro de uma circunferência é um dos mais famosos da Matemática)

- 22 de março
Dia Mundial da Água

- 23 de março
Dia Mundial da Meteorologia

- 7 de abril
Dia Mundial da Saúde

- 15 de abril
Dia da Conservação do Solo

- 22 de abril
Dia do Planeta Terra

- 28 de abril
Dia Nacional da Caatinga

- 3 de maio
Dia do Solo

- 17 de maio
Dia Internacional da Comunicação e das Telecomunicações

- 22 de maio
Dia Mundial da Biodiversidade

- 29 de maio
Dia do Estatístico e Dia do Geógrafo

- 30 de maio
Dia do Geólogo

- 5 de junho
Dia Mundial do Meio Ambiente

- 18 de junho
Dia do Químico

- 6 de julho
Dia da Criação do IBGE

- 8 de julho
Dia Nacional da Ciência

- 17 de julho
Dia da Proteção às Florestas

- 20 de julho
52 anos da chegada do módulo lunar da missão Apollo 11, realizada em 20 de julho de 1969, que levou pela primeira vez o homem à Lua.

- 5 de agosto
Dia Nacional da Saúde

- 15 de agosto
Dia da Informática

- 3 de setembro
Dia do Biólogo

- 9 de setembro
Dia da Raiz Quadrada (matemática)

- 11 de setembro
Dia Nacional do Cerrado

- 16 de setembro
Dia Internacional para a Preservação da Camada de Ozônio

- 21 de setembro
Dia da Árvore

- 4 de outubro
Dia da Natureza

- 4 de outubro
64 anos do lançamento do primeiro satélite da humanidade: de origem russa, o Sputnik 1 foi ao espaço em 4 de outubro de 1957

- 10 de outubro
Semana da Ciência e Tecnologia

- 16 de outubro
Dia Mundial da Alimentação

- 23 de outubro
Dia do mol (uma das unidades do Sistema Internacional de Medidas, utilizada largamente em Química para medir a quantidade de matéria em átomos ou moléculas.)

- 4 de novembro
Dia do Inventor

- 23 de novembro
Dia de Fibonacci - A sequência de Fibonacci foi criada pelo matemático Leonardo de Pisa (1170-1250). A sequência começa pelo número 1 e se forma a partir da soma dos dois últimos numerais: 1, 1 (pois 0 + 1 = 1), 2 (pois 1 + 1 = 2), 3 (pois 1 + 2 = 3), 5, 8, 13, 21 e assim por diante. A sucessão de Fibonacci é muito famosa e tem diversas aplicações no campo da Matemática.

- 25 de novembro
Dia Nacional do Doador de Sangue

- 30 de novembro
Dia do Estatuto da Terra - Dia da Reforma Agrária

- 1º de dezembro
Dia Internacional da Luta contra a Aids

- 2 de dezembro
Dia da Astronomia

- 18 de dezembro
Dia do Museólogo

COMO RELACIONAR TEMAS ATUAIS DE CIÊNCIAS À BNCC

Aqui, sugerimos reforçar a importância do método científico e mostrar aos alunos avanços como o turismo especial 


Valorização da ciência e dos cientistas

Como trabalhar:

A busca por vacinas contra a covid-19 mostrou a potência do trabalho científico que, em tempo recorde, mobilizou estudiosos e laboratórios. Por envolver trabalho tão minucioso e técnico, a ciência parece estar muito distante do cotidiano e seus protagonistas, os cientistas, surgem no nosso imaginário como seres “sobrenaturais”. Essas impressões podem ser trabalhadas de forma a aproximar os jovens do ambiente científico. Na sala de aula, o professor pode mostrar que alunos podem ser divulgadores científicos e não apenas reprodutores de conteúdos.

Por isso, toda a BNCC procura propor situações-problema que instiguem a curiosidade dos alunos e deem espaço para que eles possam levantar e testar hipóteses. E isso vale para todos os anos do Ensino Fundamental. Para que você entenda como pode ser uma aula de Ciências dentro dessa nova abordagem, selecionamos alguns Planos de Aula NOVA ESCOLA que têm atividades de experimentação na qual os alunos podem desenvolver essas habilidades. Veja a seguir.

Planos de Aula NOVA ESCOLA relacionados ao assunto:

- Plano de Aula - 1º ano - Impactos ambientais causados pelo óleo de cozinha
- Plano de Aula - 2º ano - Brincando com o Caminho da Luz
- Plano de Aula - 3º ano - O som em diferentes materiais
- Plano de Aula - 4º ano - Transformação do papel colorido pela luz do sol
- Plano de Aula - 5º ano - Uma revolução dentro de mim: Investigando sobre o pum e o arroto
- Plano de Aula - 6º ano - Observando os tipos de células
- Plano de Aula - 7º ano - Máquinas simples: plano inclinado
- Plano de Aula - 8º ano - Circuitos Elétricos Abertos
- Plano de Aula - 9º ano - Espelhos Planos

Habilidades da BNCC de Ciências relacionadas: Todas as habilidades, de alguma forma, estão ligadas ao desenvolvimento da produção científica.


Turismo e missões espaciais em 2021

Como trabalhar:

O ano de 2021 promete ser um marco para o turismo espacial. Ao menos quatro empresas privadas mundiais, entre elas as americanas Virgin Galactic, fundada pelo bilionário Richard Branson, e a Blue Origin, do criador da Amazon Jeff Bezos, disputam a corrida para deter o título de primeira a realizar voo comercial suborbital, ou seja, aquele em que a nave atinge o espaço ultrapassando os 100 quilômetros de altitude.

O professor pode contextualizar esse tema da atualidade para os alunos, mostrando como essas empresas privadas planejam colocar aeronaves em órbita. Para isso, pode baixar o aplicativo de uma das empresas citadas, a Virgin Galactic (Android | iOS ) para mostrar simulação de como é o interior da aeronave. A partir daí, poderá demonstrar por onde o equipamento pretende passar pela órbita da Terra.

Planos de Aula NOVA ESCOLA relacionados ao assunto:

- Sequência de 5 Planos de Aula - 5º ano - Movimento de rotação da terra
- Plano de Aula - 9º ano - Satélites naturais e corpos celestes menores

Habilidades da BNCC de Ciências relacionada:

5º ano

EF05CI11 - Associar o movimento diário do Sol e das demais estrelas no céu ao movimento de rotação da Terra.

9º ano

EF09CI14 - Descrever a composição e a estrutura do Sistema Solar (Sol, planetas rochosos, planetas gigantes gasosos e corpos menores), assim como a localização do Sistema Solar na nossa galáxia (a Via-Láctea) e dela no Universo (apenas uma galáxia dentre bilhões).

Ilustrações: Veridiana Scarpelli/NOVA ESCOLA

Mais sobre esse tema

Caixa abrindo

1 mês de Nova Escola Box gratuito!

No mês de outubro, o 1º mês do Nova Escola Box é grátis! Não perca ao oportunidade de acessar conteúdos teóricos e práticos exclusivos.

Comece com 1 mês grátis

Já é assinante Nova Escola Box? Faça login aqui!