Para usar com seus alunos

Sugestão de Atividade: a conquista espanhola pelo olhar dos ameríndios

Dirigida para as turmas do 7º ano, adaptação da atividade aborda protestos antirracistas em curso atualmente

Intenção da atividade é mostrar que há sempre dois lados em uma visão histórica. Ilustração: Nathalia Takeyama/Nova Escola

Professor da rede privada de ensino, Felipe Pedonze é responsável pela versão original deste Plano de Aula, cujo objetivo é oferecer aos alunos a visão dos nativos americanos sobre a conquista espanhola ocorrida no século XVI. A aula foi pensada para que os alunos se reúnam em grupos, com o objetivo de debater sobre os conflitos que conhecem. A intenção é que percebam que sempre há dois lados e, em geral, há um lado que perde mais do que o outro. A partir daí é introduzido o tema histórico da conquista espanhola, utilizando como subsídio os textos de referência. 

Na aula presencial, o professor irá disponibilizar textos para leituras e apresentar alguns slides para reflexão. Você pode conferir o Plano de Aula completo neste link. 

A seguir, conheça uma sugestão de adaptação ao contexto remoto, bastante atual por abordar os protestos antirracistas em curso em várias partes do mundo. 

Indicado para: Turmas do 7º ano 

Materiais: Acesso a ferramentas com o WhatsApp, Telegram, e-mail ou Google Sala de Aula. 

Na BNCC: EF07H108 

1. Providencie os textos de referência da aula presencial para os alunos. Isso pode ser feito por meio de acesso aos links disponíveis aqui. Os materiais podem também ser enviados por aplicativos de mensagem (WhatsApp, Telegram, etc), por e-mail ou via Google Sala de Aula. Quando não houver possibilidade de acesso online, uma estratégia é disponibilizar os materiais impressos para os alunos na escola, por exemplo. Reflita e escolha a melhor estratégia para a sua realidade dos seus estudantes. Estimule a interpretação dos documentos lidos.

2. Fomente o debate sobre conflitos. Indague os alunos sobre conflitos históricos famosos ou até mesmo conflitos pequenos, do dia a dia. A intenção aqui é que eles entendam que sempre há dois lados em um conflito, e, quase sempre, há um lado que tem mais perdas. Cuidado para não se alongar demais nessa discussão, ela tem potencial para isso.

3. Conecte a aula ao momento atual. Sugira aos alunos que pesquisem sobre os protestos antirracistas ocorridos na Europa, nos Estados Unidos, no Brasil e em outras partes do mundo em junho de 2020. Deflagrados pelo assassinato de George Floyd, um homem negro, por um policial branco nos Estados Unidos, os protestos também envolveram símbolos identificados com a colonização europeia e, em alguns casos, manifestantes derrubaram estátuas de conquistadores. Em duas cidades dos EUA, por exemplo, estátuas de Cristóvão Colombo foram atacadas na esteira das manifestações (saiba mais aqui). Peça aos alunos para fazerem uma relação entre esses acontecimentos e o que está sendo discutido em aula (o processo de colonização espanhola). 

4. Estimule o debate. Se possível, peça ao aluno para elaborar algumas ideias a respeito. Esse material pode ser escrito ou gravado e enviado ao professor por WhatsApp, por exemplo. Se a aula for online, o professor deve estimular o debate e análise entre a classe, tomando por base trechos dos textos, as informações levantadas pelos alunos e os poemas sugeridos no Plano de Aula original.

Outras possibilidades para a aula remota 

Ao fazer a adaptação do plano para o presencial, a professora Bianca Carolina Pereira da Silva manteve a proposta original de trabalhar as ideias em duplas ou grupos. Ela enfatizou o que deve ser ressaltado em cada texto, na sua opinião. “No momento da sistematização, a parte que considero como a mais importante desse planejamento, achei interessante dar mais opções para os alunos se expressarem”, afirma. 

O plano original propõe que o aluno escreva uma poesia sobre a América. “Diversifiquei, propondo que ele escreva uma carta, um relatório ou produza uma charge ou meme”. Em áudios ou vídeos curtos, eles podem enviar suas percepções para o professor.Para quem não puder usar tecnologia, o recurso é fazer um texto ou desenho no caderno e enviar uma foto por WhatsApp. 


Esta sugestão de atividade foi adaptada do Plano de Aula A visão da conquista espanhola pelo olhar dos ameríndios, criado por Felipe Pedoneze, professor-autor do Time de Autores NOVA ESCOLA. Para conferir o plano original na íntegra clique aqui.




Mais sobre esse tema

Caixa abrindo

Ideias para se inspirar,
conteúdo para ensinar

  • Expriıências reais de sala de aula;
  • Conteúdos alinhados à BNCC;
  • Metodologias ativas;
  • Textos, vídeos, materiais pedagógicos e moldes;
  • Ideias e relatos de professores como você!
assine por R$19,90