Para usar com os bebês

“Cadê? Achou!” - Conheça o esconde-esconde dos bebês

Nesta versão da tradicional brincadeira infantil criada pela professora Fernanda, a família também pode participar da diversão

A brincadeira é realizada com túneis criados com caixas de papelão e tecidos. Ilustração: Pedro Hamdan/Nova Escola

Cadê o bebê? Achou! Que tal utilizar a tradicional brincadeira de esconder e achar para fortalecer, com as famílias, a relação de confiança e corresponsabilidade pelos bebês?  

Na Educação Infantil, as chegadas e as despedidas são momentos importantes para a construção de vínculos afetivos entre os familiares, os professores e os pequenos. A criança que é bem acolhida na entrada, e se despede tranquilamente dos responsáveis, provavelmente passará bem o dia. Já na saída, o objetivo é fazê-la perceber que o dia na escola terminou e provocar nela o desejo de retornar para aquele ambiente alegre e acolhedor.  

A proposta da professora Fernanda Alves da Silva, do Time de Autores de NOVA ESCOLA, é um convite para que os responsáveis participem da última atividade do dia. Assim, a família pode conhecer mais o trabalho realizado na escola. O ideal é que esse tipo de iniciativa seja feito periodicamente. Essa versão do esconde e acha é realizada com túneis criados com caixas de papelão e tecidos. Acompanhe abaixo o passo a passo de como organizar tudo. 

Faixa etária: Bebês (0 a 1 ano e 6 meses)

Lista de materiais: Caixas de papelão de tamanhos grandes, colchonetes, caixas pequenas com tampas, tecidos, bolas.

Espaço: Disponha as caixas grandes horizontalmente para formar túneis com janelas, de maneira que os bebês possam passar por dentro delas. Coloque tecidos nas entradas das caixas e por dentro das janelas. O túnel de caixas deve ficar no centro. No entorno dele, coloque os colchonetes, os tecidos e as caixas menores com as bolas. Esses itens são para que os bebês que ainda não engatinham também possam brincar de se esconder. 

PASSO A PASSO

Preparação: Informe aos responsáveis a proposta de realizar a atividade no momento de despedida dos bebês, enviando um bilhete anteriormente. Peça que, se possível, cheguem alguns minutos antes da saída, para brincar juntamente com as crianças. Durante a atividade, é importante que haja outro profissional em sala para auxiliar você. 

Atividade: Convide as crianças a brincarem nos túneis e nos colchonetes. Divida a turma em pequenos grupos, para que todos tenham oportunidade de participar da proposta. Ofereça apoio aos bebês que ainda não engatinham para que eles também possam brincar nos colchonetes e interagir com os materiais. Brinque, demonstrando as possibilidades que o ambiente traz. Você pode dizer: “O que será que tem dentro desses túneis? Vamos entrar?” Enquanto os bebês brincam e exploram, observe e valide as ações deles. Conforme os responsáveis estiverem chegando, convide-os para entrar e brincar com os bebês. Peça que esperem as crianças saírem dos túneis e oriente-os a dizer: “Cadê o bebê? Achou!” Para os bebês que ainda não engatinham, solicite que o responsável pegue o tecido e cubra o rosto do pequeno, brincando com o “cadê o bebê (neste momento fale o nome da criança)? Achou!” Observe as expressões dos bebês e como se comunicam durante a brincadeira com os seus familiares.

Inclusão: Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir uma criança de participar e aprender. Proponha apoios para atender às necessidades e diferenças de cada uma delas. Auxilie quando necessário. O objetivo é assegurar condições para que todos participem. 

O plano de aula completo, com orientações sobre a brincadeira de esconder e achar, preparado pela professora Fernanda Alves da Silva, está disponível aqui.

Mais sobre esse tema

Caixa abrindo

Ideias para se inspirar,
conteúdo para ensinar

  • Expriıências reais de sala de aula;
  • Conteúdos alinhados à BNCC;
  • Metodologias ativas;
  • Textos, vídeos, materiais pedagógicos e moldes;
  • Ideias e relatos de professores como você!
assine por R$19,90