Para usar com os bebês

“Quem está aí?” - Brincando com o reflexo no espelho

A atividade criada pela professora Bárbara proporciona situações nas quais o bebê pode reconhecer a própria imagem e fazer outras descobertas

Os bebês podem olhar para si e para os seus movimentos com a ajuda dos espelhos. Ilustração: Pedro Hamdan/Nova Escola

Difícil achar alguém, de crianças a adultos, que resista a um espelho. Para os bebês, esses objetos são excelentes possibilidades para eles se conhecerem, (re)conhecerem o outro e o ambiente onde estão. Diante de espelhos, o bebê pode desenvolver um olhar para si, para seu corpo e para os movimentos que faz, e também aprender noções de perspectivas (profundidade, altura, horizontalidade etc.).

Para promover essas descobertas, a ideia da professora Bárbara de Mello, do Time de Autores de NOVA ESCOLA, é uma brincadeira de revelar e esconder a imagem do bebê refletida no espelho. Confira como realizar a proposta com sua turma. 

Faixa etária: bebês (0 a 1 ano e 6 meses)

Lista de materiais: Varal, tecidos, lenços ou TNTs para cobrir o espelho 

Espaço: A proposta pode ser realizada no espaço interno ou externo da sala, desde que o local tenha um espelho fixado com segurança.

Preparação: Organize previamente um varal com panos (lenços, tecidos ou TNTs) por cima de um espelho grande já fixado na parede. É importante que o varal esteja em uma altura na qual a corda ou o barbante fiquem acima do tamanho dos bebês, de forma que eles não possam alcançá-la. 

A brincadeira: Convide os bebês (em pequenos grupos) a se aproximarem do espelho (os demais podem ficar em atividade de pesquisa exploratória de materiais de largo alcance, por exemplo). Deixe que explorem o espelho e os panos. Observe as descobertas por meio de ações e reações (sorrisos, balbucios, gestos, expressões faciais). Dê sentido e apoie as ações dos pequenos. Proponha que se escondam com os panos, como na brincadeira “cadê o bebê?”, que você também encontra nesta caixa. Garanta um tempo para as experiências e depois vá chamando os demais grupos. Todos precisam ter a chance de se relacionar com os pares, observar e se divertir. 

Observações: Fotografe os gestos e expressões dos bebês durante a atividade. Faça um registro com a descrição das descobertas e interações. Como o bebê reagiu diante de sua própria imagem refletida no espelho? Como ele compartilhou suas descobertas?  

Inclusão: Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir uma criança de participar e aprender. Proponha apoios para atender às necessidades e diferenças de cada uma delas. Para os bebês que não se locomovem com autonomia, convide cada um ficar em seu colo. Converse sobre o que estão vendo no espelho. Fique próximo aos pequenos grupos e os convide para brincadeiras de esconder e achar. 

O plano de aula completo, com orientações sobre a brincadeira com espelhos, preparado pela professora Bárbara de Mello, está disponível aqui.

Mais sobre esse tema

Caixa abrindo

Ideias para se inspirar,
conteúdo para ensinar

  • Expriıências reais de sala de aula;
  • Conteúdos alinhados à BNCC;
  • Metodologias ativas;
  • Textos, vídeos, materiais pedagógicos e moldes;
  • Ideias e relatos de professores como você!
assine por R$19,90