Conteúdo Patrocinado por:

Para usar com os alunos

Responsabilidade de cada um pelo melhor uso da energia

Por meio desta proposta pedagógica, os alunos serão convocados a repensar hábitos com o objetivo de reduzir o consumo desnecessário

Ilustração: Estúdio Kiwi

As aprendizagens sobre uso consciente da energia não devem ficar restritas ao conhecimento teórico. Para promover transformações efetivas, elas precisam reverberar pela comunidade, famílias e casas dos estudantes.

“Discutir a questão da eficiência energética não é somente uma questão técnica. Trata-se de fazer repensar como é importante ter conforto sem, no entanto, gerar desperdício, além de entender-se inserido no mundo, onde ações individuais podem contribuir para melhorar ou não a qualidade de vida de todos”, explica a professora de Ciências e Biologia, Maria Izabel Rolim, responsável por desenvolver as situações pedagógicas voltadas ao Fundamental 2 do projeto Energia que Transforma.

É este entendimento que explora a prática pedagógica abaixo. Voltado aos alunos do 8º ano, o plano convida os estudantes a refletirem sobre as vantagens ambientais e econômicas de se usar a energia elétrica de modo eficiente. Além disso, os convida a colocar a mão na massa criando uma campanha online de mobilização. Confira:

ATIVIDADE: RESPONSABILIDADE PELO USO DE ENERGIA

Discuta com a turma sobre eficiência energética e consumo consciente


Indicado para: 8º ano

Material: Kit Energia que Transforma

Na BNCC: EF08CI05 - Propor ações coletivas para otimizar o uso de energia elétrica em sua escola e/ou comunidade, com base na seleção de equipamentos segundo critérios de sustentabilidade (consumo de energia e eficiência energética) e hábitos de consumo responsável.


PASSO A PASSO

1. Abra a aula com um debate: Se a energia não se cria nem se destrói, mas se transforma, por que falamos em poupar energia? Em um encontro online, deixe que os estudantes respondam livremente à questão. Instigue-os também a pensar em formas de poupar energia sem, no entanto, trazer prejuízo ao conforto de suas rotinas.

2. Solicite uma pesquisa: Convide a turma a ouvir, de suas casas, o podcast Alô, João n.° 23, sobre hábitos que reduzem o consumo de energia dos eletrodomésticos. Como complemento, peça também para que leiam o texto “Usando bem nossa energia”, na página 56 do livro Conceitos e Contextos.

3. Coloque-os para realizar entrevistas: Em seguida, proponha que façam entrevistas com familiares ou outras pessoas por telefone sobre o que pensam que poderia ser feito para que o consumo de energia em escolas, residências e outros espaços fosse mais eficiente. Para fechar esta etapa, peça que os estudantes exponham seus principais achados.

4. Proponha uma investigação prática: Sugira então que os estudantes façam uma vistoria em suas casas, anotando o que consideram desperdício ou mau uso da energia. Peça para que discutam em grupo as suas observações e anotações. Como avaliam o uso da energia em suas casas? Como podem contribuir para o uso mais eficiente dessa energia elétrica? Para concluir esta etapa, peça aos estudantes que socializem suas propostas e as registre em um arquivo comum da turma. O Google Jamboard, que funciona como um quadro branco digital e colaborativo, pode ser útil para esse momento. Um material que pode ser oferecido como ponto de partida é a tabela com dados sobre consumo doméstico de eletricidade, especialmente elaborada para esta atividade:

BAIXE O INFOGRÁFICO

5. Organize uma campanha de mobilização: Após os estudos e discussões, que tal planejar uma campanha nas redes sociais com dicas para tornar mais eficiente o uso da energia elétrica? Desafie o grupo a pensar formas variadas e criativas de disseminar os conteúdos na página da escola no Facebook, em um grupo de Whatsapp ou em outras plataformas interativas, oferecendo dicas práticas e aproveitando as linguagens e tecnologias que eles já dominam. Outra ideia é convidá-los para produzir uma série de podcasts sobre o tema, inspirada no que ouviram no programa Alô, João,  para divulgar em diferentes mídias.

6. Acompanhem os resultados: Para aferir o alcance da campanha, elaborem conjuntamente estratégias para avaliar se os resultados esperados estão sendo atingidos. Isto pode ser feito por meio de uma diversidade de ferramentas como questionários online, entrevistas, murais para comentários ou apenas atividades de observação periódica.

Este conteúdo é uma produção especial para o patrocinador e não faz parte dos conteúdos jornalísticos de Nova Escola

Caixa abrindo

Continue lendo conteúdos exclusivos com acesso ilimitado

Assine o Nova Escola Box e veja sugestões de atividades para aulas remotas e presenciais.

Apenas R$15,90 por mês

Já é assinante Nova Escola Box? Faça login aqui!