PARA USAR COM OS ALUNOS

Atividade: Desvendando as origens do Carnaval

Com o uso de imagens e vídeos, busque ampliar o repertório cultural dos alunos de 1º ano por meio da diversidade da festa popular em diferentes locais e ao longo da história

Ilustração de máscaras e apetrechos de carnaval
Ilustração: Julia Coppa/NOVA ESCOLA

O período do Carnaval é marcado por festas populares ao redor do mundo. No Brasil, este tem influência de diversas culturas estrangeiras, além de uma rica ancestralidade regional. 

“O Carnaval tem origem europeia e foi aperfeiçoado e adaptado no Brasil, virando uma das manifestações culturais que mais representam o país”, comenta Karina Silva, professora de Geografia e integrante do time de autores de NOVA ESCOLA.

Para trabalhar o tema com alunos do 1º ano do Ensino Fundamental, é interessante apostar nas imagens, vídeos e músicas que podem descortinar essa diversidade em diferentes locais e ao longo da história. “A ideia é de que a criança compreenda que o Carnaval é muito antigo e se espalhou pelo mundo todo”, diz a professora Helena Cintra Eher, também do time de Autores de NOVA ESCOLA. 

Com a ajuda de Karina e Helena, idealizamos o passo a passo de uma atividade que você pode realizar com os alunos no contexto remoto ou na escola, caso sua rede já tenha autorizado a retomada das atividades presenciais. Confira.

divisória de atividade

ATIVIDADE: DESVENDADO A RIQUEZA DO CARNAVAL

Com imagens e músicas do Carnaval, abra alas para que os alunos desvendem as manifestações da festa


Indicado para: Turmas de 1º ano do Ensino Fundamental

Materiais: Imagens e vídeos de diferentes manifestações carnavalescas (há algumas sugestões ao longo do passo a passo); impressora (para aulas presenciais); WhatsApp e plataforma síncrona (para aulas remotas)

Na BNCC: EF01HI08 - Reconhecer o significado das comemorações e festas escolares, diferenciando-as das datas festivas comemoradas no âmbito familiar ou da comunidade


PASSO A PASSO

1. Mostre imagens de diferentes carnavais. Inicie a atividade mostrando aos alunos diversas formas de como o Carnaval é representado no Brasil e no Mundo (veja algumas sugestões abaixo). Ofereça as imagens para cada estudante de forma aleatória (se for presencialmente, vale imprimir as três imagens para cada estudante). Assim, eles podem organizá-las da mais recente para a mais antiga, como elas se encontram a seguir. Caso a aula seja realizada em contexto remoto, é possível compartilhar as imagens com a turma por WhatsApp ou outro meio de sua preferência, e pedir para que eles reencaminhem na ordem correta.

Desfile da escola de samba mirim Tijuquinha do Borel em 2015
Desfile da escola de samba mirim Tijuquinha do Borel em 2015. Foto: AF Rodrigues/Agência Brasil

A Deixa Falar foi a primeira escola de samba a ser criada, em 12 de agosto de 1928, no bairro do Estácio, no Rio de Janeiro.
A Deixa Falar foi a primeira escola de samba a ser criada, em 12 de agosto de 1928, no bairro do Estácio,
no Rio de Janeiro. Foto: Acervo da Biblioteca Nacional

Quadro de Johannes Ligelbach representando um típico carnaval na Roma Antiga.
Um típico carnaval na Roma antiga. Obra: Carnaval em Roma (1650-1651), de Johannes Lingelbach  

2. Pergunte aos alunos sobre as imagens. Após essa atividade introdutória, explique rapidamente as origens dessas fotos e do quadro para os alunos. Ouça o que eles têm a dizer sobre elas, quais foram suas impressões, e como acham que as pessoas retratadas estão se sentindo. De acordo com a professora Karina Silva, os alunos devem ser estimulados com perguntas do tipo: Vocês conhecem essas imagens? Onde já viram? Representam uma festividade?

3. Qual a música? Peça que os alunos tentem explicar com palavras e gestos qual a trilha sonora de cada uma das representações do Carnaval. Explique a eles que o samba é marcante no Carnaval do Rio de Janeiro, retratado nas duas imagens mais recentes.

4. O que é o Carnaval para os alunos? Com uma noção geral, os alunos devem representar a partir de seu ponto de vista as danças e movimentos que combinam com as comemorações do Carnaval. Nesse sentido, é interessante valorizar outros ritmos e manifestações que os alunos conheçam.

5. Apresentando a diversidade do Carnaval brasileiro. Após conversar com os alunos sobre o que sabem e como veem a festa popular, compartilhe com eles vídeos de outros carnavais ao redor do Brasil, como o de Olinda, Salvador e Manaus (veja algumas sugestões aqui). 

6. E o Carnaval de 2021? Pergunte aos alunos se eles sabem por que motivo não teremos desfiles e blocos de carnaval de rua neste ano. Pode ser uma boa oportunidade para conversar com eles sobre o risco de aglomerações e festas em meio à pandemia de covid-19. Termine a atividade lembrando a eles que o Brasil já enfrentou uma grave pandemia em 1918 (saiba mais aqui), mas no ano seguinte os foliões puderam voltar às ruas. Compartilhe com eles a imagem abaixo, retirada desta reportagem sobre o Carnaval de 1919.

Desfile dos Democráticos no carnaval de 1919.
Desfile dos Democráticos no Carnaval de 1919. Foto: Acervo da Biblioteca Nacional

Divisor encerramento

Mais sobre esse tema

Caixa abrindo

Ideias para se inspirar,
conteúdo para ensinar

  • Expriıências reais de sala de aula;
  • Conteúdos alinhados à BNCC;
  • Metodologias ativas;
  • Textos, vídeos, materiais pedagógicos e moldes;
  • Ideias e relatos de professores como você!
assine por R$19,90