Para formar a equipe

5º Roteiro do gestor: reunião para focar na priorização curricular em Linguagens

Dê sequência à formação dos professores do Fundamental 2 neste trabalho com o componente curricular

Este 5º Roteiro de Formação dá continuidade às atividades propostas na última semana. Ilustração: Nathalia Takeyama/Nova Escola

Estudar e refletir sobre como as competências – gerais, de área de conhecimento e de componente curricular – se relacionam e que tipos de aula poderiam contemplá-las a partir de um trabalho focado na Educação Integral é o objeto central do Roteiro de Formação desta semana.

O encontro pedagógico proposto tem como prioridades a reflexão e o planejamento de práticas que serão desenvolvidas junto aos estudantes, trazendo os desafios concretos do cotidiano escolar para os momentos formativos dos educadores. “É em encontros como este que o coordenador pedagógico poderá exercer seu papel formativo, promovendo a conexão entre os conceitos discutidos e as práticas produzidas e sistematizando o conhecimento produzido pelo grupo”, alerta a consultora pedagógica Sônia Guaraldo.

Este Roteiro de Formação dá continuidade às atividades propostas na última semana. Reunimos sugestões de ações detalhadas, materiais de apoio e plataformas variadas, num formato que pode ser usado na íntegra ou adaptado. Acesse as edições passadas de NOVA ESCOLA BOX para acompanhar a sequência do planejamento pedagógico.

ROTEIRO DE FORMAÇÃO NA PANDEMIA - 5

Priorização curricular na área de Linguagens


Navegue por todos os roteiros da Série Especial:
- 1º Roteiro do gestor: Uma reunião para unir os professores e repensar o ano
- 2º Roteiro do gestor: conduza um estudo sobre metodologias ativas em aulas a distância
- 3º Roteiro do gestor: use a reunião para abordar a Educação Integral
- 4º Roteiro do gestor: Aprofunde as noções dos professores sobre Educação Integral
[VOCÊ ESTÁ AQUI] - 5º Roteiro do gestor: reunião para focar na priorização curricular em Linguagens
- 6º Roteiro do gestor: analise uma aula real com a equipe docente
- 7º Roteiro do gestor: ponha a mão na massa com os professores e comece a planejar
- 8º Roteiro do gestor: convide os professores para uma Tertúlia Dialógica
- 9º Roteiro do gestor: como promover a observação entre pares


Indicado para: Coordenadores e diretores do Ensino Fundamental 2

Objetivo da reunião: Produzir sequência de atividades com foco na priorização curricular, considerando os pressupostos da educação integral e a utilização de metodologias ativas.

Área de conhecimento: Linguagens

Duração da reunião: 2 horas

Ferramentas: 
- Plataforma de interação síncrona (Zoom, Microsoft Teams, Skype)
- WhatsApp para criação de grupos de trabalho

Leituras para os gestores:
- Texto Discurso vazio: as expressões que poucos sabem o que significam, do site de Nova Escola 

Leitura para os professores:
Tabela de priorização com habilidades essenciais da BNCC e atividades de Língua Portuguesa, do Nova Escola Box
Mapas de Foco da BNCC, do Instituto Reúna
Projeto "Ouvidos adocicados", contido no e-book "Diário de Inovações"


PASSO A PASSO

Antes da reunião

1. Prepare o convite: Para promover o início deste trabalho, dispare convite para toda a equipe de educadores, por e-mail, aplicativo de mensagens ou de outra forma que seja usual entre vocês.

2. Indique as leituras prévias: Disponibilize os arquivos de priorização curricular e o Mapa de Foco, e peça que leiam as habilidades priorizadas no componente curricular de Língua Portuguesa. Releiam as competências gerais da área de conhecimento e as competências dos componentes curriculares de língua portuguesa, inglês, artes e educação física.

3. Prepare uma avaliação para o final do encontro pedagógico: Acrescente a seguinte questão ao roteiro de avaliação já sugerido no Roteiro passado: Há algum ponto específico que tenha sido trabalhado no encontro de hoje e que não tenha ficado claro para você?

Durante a reunião

1. Apresente a temática a ser discutida: Convide todos para a plataforma síncrona escolhida e contextualize objetivos da reunião.

2. Faça um acolhimento aos professores: Abra a palavra para que alguns se manifestem sobre sentimentos e expectativas em relação ao momento vivido.

3. Retome as atividades anteriores: A partir da apresentação de slides, retome com os professores conceitos importantes já trabalhados sobre ensino por competências, utilização de métodos ativos de aprendizagem e educação integral.

O gestor pode optar por montar uma apresentação com apenas os títulos dos temas a serem retomados e pedir aos professores que contribuam com a estruturação desses conceitos. Neste momento não se preocupe em aprofundar. A ideia é trazer, de maneira simples e objetiva, elementos que devem estar contemplados nos planos de aula.

Exemplo: 
Título do tema: Educação Integral
Exemplo de conceito que o professor pode escrever:
- Envolve o desenvolvimento global do estudante
- Considera aspectos cognitivos, sociais, culturais e emocionais
- Contempla a diversidade e o protagonismo

4. Identifique os elementos de priorização: Prepare uma apresentação em PPT (slides) com as competências abaixo selecionadas e disponibilize via chat para que façam uma leitura silenciosa. Alerte para identificarem as interfaces existentes entre elas e que podem oferecer um trabalho de integração entre os componentes curriculares da área, de modo a garantir o desenvolvimento integral dos estudantes.

Competências gerais
Competência 5 - Compreender, utilizar e criar tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas sociais (incluindo as escolares) para se comunicar, acessar e disseminar informações, produzir conhecimentos, resolver problemas e exercer protagonismo e autoria na vida pessoal e coletiva.

Área de conhecimento - Linguagens
Competência 6 - Compreender e utilizar tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas sociais (incluindo as escolares), para se comunicar por meio das diferentes linguagens e mídias, produzir conhecimentos, resolver problemas e desenvolver projetos autorais e coletivos.

Componente curricular - Língua Portuguesa
Competência 2 - Apropriar-se da linguagem escrita, reconhecendo-a como forma de interação nos diferentes campos de atuação da vida social e utilizando-a para ampliar suas possibilidades de participar da cultura letrada, de construir conhecimentos (inclusive escolares) e de se envolver com maior autonomia e protagonismo na vida social.
Competência 3 - Ler, escutar e produzir textos orais, escritos e multissemióticos que circulam em diferentes campos de atuação e mídias, com compreensão, autonomia, fluência e criticidade, de modo a se expressar e partilhar informações, experiências, ideias e sentimentos, e continuar aprendendo.
Competência 5 - Empregar, nas interações sociais, a variedade e o estilo de linguagem adequados à situação comunicativa, ao(s) interlocutor(es) e ao gênero do discurso/gênero textual.
Competência 7 - Reconhecer o texto como lugar de manifestação e negociação de sentidos, valores e ideologias.

Competência curricular - Arte
Competência 2 - Compreender as relações entre as linguagens da Arte e suas práticas integradas, inclusive aquelas possibilitadas pelo uso das novas tecnologias de informação e comunicação, pelo cinema e pelo audiovisual, nas condições particulares de produção, na prática de cada linguagem e nas suas articulações.
Competência 5 - Mobilizar recursos tecnológicos como formas de registro, pesquisa e criação artística.

Competência curricular - Educação Física
Competência 1 - Compreender a origem da cultura corporal de movimento e seus vínculos com a organização da vida coletiva e individual.

Competência curricular - Língua Estrangeira (Inglês) 
Competência 2 - Comunicar-se na língua inglesa, por meio do uso variado de linguagens em mídias impressas ou digitais, reconhecendo-a como ferramenta de acesso ao conhecimento, de ampliação das perspectivas e de possibilidades para a compreensão dos valores e interesses de outras culturas e para o exercício do protagonismo social.

5. Peça aos professores que compartilhem suas ideias: Incentive que mandem no chat e abra o microfone para que pelos menos dois ou três explicitem suas percepções, experiências, dúvidas e ideias.

6. Retome com eles o projeto “Ouvidos Adocicados”: Exemplifique as competências desenvolvidas durante sua execução e como o trabalho foi estruturado para que pudesse contemplá-las.

PONTO DE ATENÇÃO: Durante a sistematização é importante ressaltar as possibilidades e limites presentes no desenvolvimento de um trabalho interdisciplinar, considerando a coerência no envolvimento das disciplinas e atividades a serem incluídas no projeto. O artigo Discurso vazio: as expressões que poucos sabem o que significam retoma o significado original de algumas expressões educacionais, incluindo a interdisciplinaridade.

7. Reflexão sobre os critérios: Introduza a próxima atividade com base na reflexão de elementos (incluindo os já discutidos até o momento) que podem apoiar a priorização das habilidades a serem trabalhadas junto aos estudantes durante o isolamento social e no retorno pós-pandemia. Como critérios prioritários, você pode destacar aqui, além da interdisciplinaridade e das atividades significativas, aquelas que se ligam a situações concretas da vida dos estudantes e do contexto atual e local.

8. Inicie a produção de planos de aula: Solicite aos professores que desenvolvam uma sequência de atividades, considerando Habilidades a serem priorizadas para ser aplicada ainda no período de isolamento no componente curricular de Língua Portuguesa, 8º ano. Veja o  exemplo com o Código e descrição de uma Habilidade de Língua Portuguesa da Base Nacional Comum Curricular (BNCC):

(EF08LP04) Utilizar, ao produzir texto, conhecimentos linguísticos e gramaticais: ortografia, regências e concordâncias nominal e verbal, modos e tempos verbais, pontuação etc. 

Algumas dicas:

- É importante que o trabalho a ser planejado neste momento seja, de fato, o que será desenvolvido com os estudantes, então, envolva os professores na priorização das habilidades, considerando critérios claros e coerentes.

- Você pode propor que, junto aos professores dos outros componentes curriculares, os professores de Língua Portuguesa, analisem habilidades de cada uma das áreas do conhecimento, identificando aquelas que podem ser desenvolvidas nesse trabalho em parceria.

-Você também pode pedir a eles que considerem a possibilidade de envolvimento de estudantes de outros anos, caso julguem pertinente.

9. Ofereça o material de apoio: Para apoiar os professores, você pode disponibilizar os seguintes Planos de Aula da NOVA ESCOLA:

Produzindo uma reportagem
O planejamento do gênero reportagem
Revisando uma reportagem

Ofereça também aos professores o acesso a uma ferramenta de construção autônoma de jornal para enriquecimento das possibilidades de envolvimento dos estudantes. Confira um exemplo: Escola em Pauta

10. Indique perguntas norteadoras para orientação e autoavaliação do planejamento das atividades: Opte por questões didaticamente significativas e coerentes com o contexto da proposta, tendo sido construídas ou validadas pelo grupo. Informe, ainda, que você se apoiará nesses mesmos critérios para analisar os planos e oferecer feedback aos professores. Exemplos de questões:

- O planejamento está alinhado à BNCC e contempla habilidades priorizadas para o período?
- As atividades planejadas exploram as possibilidades de um trabalho interdisciplinar?
- Os objetivos de aprendizagem de cada componente incluído na atividade estão claros, alinhados às necessidades de aprendizagem da turma e aos critérios de avaliação?
-As estratégias de agrupamento dos alunos estão adequadas aos objetivos propostos, promovem a interação entre eles e a participação de todos?
- As temáticas propostas para elaboração do jornal são significativas para os estudantes?
- As atividades promovem intencionalmente o desenvolvimento de outras competências para além do cognitivo?
- Os recursos a serem utilizados para o ensino remoto estão planejados e preveem mais de uma possibilidade de interação?
- As questões podem ser transformadas em critérios, como no quadro abaixo, servindo de ferramenta de análise dos planos de aula e feedback aos professores.

Clique aqui para ver um exemplo de critérios já preenchido. Neste outro link você poderá acessar um template pronto para ser compartilhado com os professsores. 

11. Faça um fechamento do encontro: Finalize a reunião solicitando aos professores que concluam seu planejamento e que o disponibilizem a partir de um template (exemplo abaixo). Informe que você fará a análise dos planos com base nos critérios combinados e os disponibilizará para que apliquem durante as aulas remotas. Confira um exemplo de template aqui.

Consultoria: Sônia Guaraldo, doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) e consultora do programa Formar, da Fundação Lemann, mantenedora de NOVA ESCOLA. Foi coordenadora pedagógica e diretora de escolas públicas, e secretária de Educação de Birigui (SP), entre 2008 e 2016.

Mais sobre esse tema

Caixa abrindo

Ideias para se inspirar,
conteúdo para ensinar

  • Expriıências reais de sala de aula;
  • Conteúdos alinhados à BNCC;
  • Metodologias ativas;
  • Textos, vídeos, materiais pedagógicos e moldes;
  • Ideias e relatos de professores como você!
assine por R$19,90