Para usar com as crianças

Na prática: livros de pano para exercitar Escuta, Fala, Pensamento e Imaginação

Com base em um livro de pano com cantigas, a educadora Kiaria Silva estimulou a percepção visual, a interação e a oralidade dos bebês e crianças bem pequenas

                                                                                              Foto: Beatriz Marquito/NOVA ESCOLA

Os bebês da turma do berçário costumam ser muito curiosos. Em João Pessoa (PB), a educadora Kiaria Cavalcante da Silva, da CREI Stelina Nunes, desenvolveu uma atividade para explorar a leitura lúdica e a musicalidade por meio de livros de pano. Macios e fáceis de manusear, eles proporcionam, além da leitura, uma experiência sensorial diferente do papel.

Essa proposta pode servir de ponto de partida para planejar uma atividade presencial, quando as escolas reabrirem. Se as famílias tiverem livros - de pano ou de papel -, também dá para sugerir que essa leitura seja feita em casa.

ATIVIDADE: LENDO LIVROS DE PANO

Um momento que mescla experiências sensoriais e contato com boas histórias


Indicado para: Bebês (de zero a 1 ano e 6 meses) e crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Material: Livro de pano incrementado com desenhos e objetos concretos para ilustrar as canções que serão trabalhadas.

Espaço: A atividade pode ser desenvolvida na sala de referência.

Na BNCC:

EI01EF05 - Imitar as variações de entonação e gestos realizados pelos adultos, ao ler histórias e ao cantar.

EI01EF02 - Demonstrar interesse ao ouvir a leitura de poemas e a apresentação de músicas.

EI02EF02 - Identificar e criar diferentes sons e reconhecer rimas e aliterações em cantigas de roda e textos poéticos.

EI02EF04 - Formular e responder perguntas sobre fatos da história narrada, identificando cenários, personagens e principais acontecimentos.


PASSO A PASSO

1. Costura: Com antecedência, confeccione, ou peça para alguém que saiba costurar, um livro de pano com imagens e objetos concretos, cujo tema deve ser uma cantiga de roda ou música popular que já faça parte do repertório da turma. No caso, a música escolhida foi Dona Aranha.

Foto: Beatriz Marquito/NOVA ESCOLA

2. Forme a roda: Disponha os bebês e as crianças bem pequenas em círculo, colocando-as de frente umas para as outras.

Foto: Beatriz Marquito/NOVA ESCOLA

3. Mão no livro: As crianças devem participar da atividade cantada de forma espontânea, por meio do olhar e do manuseio do livro. Conforme a turma canta a música, convide as crianças para interagirem com o livro de pano, percebendo os objetos.

Foto:Beatriz Marquito/NOVA ESCOLA

4.Observação: Registre as ações e interações dos pequenos. Note, por exemplo, se eles demonstraram curiosidade a respeito do livro que estava sendo cantado, expressando a vontade de abrir e explorar esse objeto. Por meio da atividade intencional, é possível que os bebês desenvolvam a percepção visual e avancem na oralidade e na curiosidade de explorar as imagens e os materiais presentes no livro.

Foto: Beatriz Marquito/NOVA ESCOLA

Conteúdo publicado originalmente em 15 de outubro de 2019. O texto foi reeditado e sofreu alterações.

Mais sobre esse tema

Caixa abrindo

Ideias para se inspirar,
conteúdo para ensinar

  • Expriıências reais de sala de aula;
  • Conteúdos alinhados à BNCC;
  • Metodologias ativas;
  • Textos, vídeos, materiais pedagógicos e moldes;
  • Ideias e relatos de professores como você!
assine por R$19,90